Das cinzas do Colégio Campos Salles nasce o Museu Manabu Mabe

O Governo do Estado de São Paulo deu o primeiro passo para viabilizar esse empreendimento cedendo o prédio do antigo Colégio Campos Salles, para a construção do Museu. A idéia original partiu do então Presidente José Roberto Melhém e do Conselheiro Victor Hugo Mori do CONDEPHAAT. Agora estamos avançando com o apoio dos governos federal, estadual, municipal, empresas, deputados, vereadores, parceiros e colaboradores.

A convite do então Governador Geraldo Alckmin, do Vice-Governador Cláudio Lembo e da Secretaria de Estado de Educação, o Instituto Manabu Mabe esta restaurando e reconvertendo o antigo prédio para dar lugar ao Museu.

Este belo prédio que foi projetado em 1911 sofreu um incêndio que destruiu suas instalações em 1992 e, desde esse episódio, o edifício ficou abandonado e recoberto de cinzas. Hoje está sendo restaurado e se transformando em Museu, que logo transcenderá o bairro oriental de São Paulo para atingir uma dimensão internacional. Esse era um sonho que sempre perseguiu o artista Manabu Mabe e será um presente para todos os brasileiros.

Os sonhos dos artistas sempre prenunciam o futuro. Com a colaboração da sociedade, estamos transformando cinzas e sonhos em um espaço cultural para a Liberdade. Instituto Manabu Mabe


Das cinzas do Colégio Campos Salles nasce o Museu Manabu Mabe Situação encontrada em 2005


Das cinzas do Colégio Campos Salles nasce o Museu Manabu Mabe Situação encontrada em 2005